Este é o meu lugar: São Paulo

Padrão

Hoje, 25 de janeiro, aniversário de São Paulo, o tema do post não poderia ser outro! Embora esteja morando há poucos meses na vizinha São Bernardo, estou apenas de passagem. E, mesmo tendo nascido em Bauru, a terra da garoa é que é o meu lugar!

Na Avenida Paulista

São Paulo é a cidade onde vivi por quase 30 anos e posso dizer que ela atrai, vicia, apaixona, impressiona, seja por seus arranha-céus, seja por sua diversidade – artística, cultural, gastronômica, de moda, de estilos, de sotaques – por sua capacidade de reunir tantas pessoas de lugares e regiões diferentes.

Os do interior não conseguem entender como é possível viver num lugar em que passa horas no congestionamento, num trânsito caótico, sendo mais um em meio a uma infinidade de carros e motos por todo lado, respirando um ar poluído. Sim, isso tudo é verdade. Mas eles não conhecem o lado bom!

Eles não sabem como é gostoso dar um passeio à noite pela Paulista; não sabem como é aproveitar o Ibirapuera para correr, caminhar, andar de bicicleta, de patins, jogar bola ou levar o cachorro para dar uma volta, soltar a coleira e deixá-lo brincando com os outros cachorros (pra falar a verdade, eu também não sei porque não tenho um, mas me divirto vendo a cachorrada! ;)); não sabem o que é a Rua São Caetano, a Teodoro Sampaio, a 25 de Março, o Brás e todo o centro da cidade; não conhecem o Museu do Ipiranga, o Masp, o Mercadão, a Estação da Luz, a Sala São Paulo, a Pinacoteca; não foram a eventos como a Bienal do Livro, a Bienal de Arte, o Salão do Automóvel; não ficaram roucos de tanto torcer num jogo de vôlei do Brasil no Ginásio do Ibirapuera ou quase enfartaram no Pacaembu ou no Morumbi (ok, ir a um jogo de futebol do Corinthians – sim, do Corinthians – é um item da lista que precisa urgentemente ser cumprido!).

São Paulo é tudo isso e mais um pouco. Não. São Paulo é tudo isso e muito mais. Cheia de qualidades, cheia de defeitos, cheia de ideias bacanas, cheia de gente sem-noção, cheia de sonhos, cheia de oportunidades, cheia de frustrações (por que não?), cheia de realizações, cheia de superações, cheia de pessoas incríveis e outras nem tanto, cheia de contrastes, a cada dia uma descoberta, a cada dia um novo lugar para conhecer. É isso que faz São Paulo ser São Paulo. E só entende quem vive ou já viveu aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s