Menos palavras. Mais atitudes de amor e respeito

Padrão

Desde que passei a também ter a função de mãe, mais coisas foram acrescentadas à minha rotina e, consequentemente, me fizeram ter menos tempo para outras, como o blog =/ Mas hoje tive que arrumar alguns minutinhos para umas considerações. Se aqui O Boticário anda causando polêmicas por causa de um comercial em que aparecem casais homossexuais se presenteando no Dia dos Namorados, nos Estados Unidos não é diferente. Lá, um líder evangélico incentivou o boicote a um banco por causa de uma propaganda em que um casal de lésbicas adota uma criança surda.

Sou evangélica e fico inconformada com tamanha falta de bom senso de alguns líderes. Muitas vezes somos taxados de preconceituosos por causa da maneira radical como se colocam. Deixo claro o que a Bíblia diz: “Seja o seu ‘sim’, ‘sim’, e o seu ‘não’, ‘não’” (Mateus 5:37). Ou seja, precisamos ser pessoas de palavra e ter convicção das nossas posições – embora estas não devam ser atitudes exclusivas dos evangélicos.

No entanto, o que vejo é muita impulsividade e falta de sabedoria no falar. Do jeito como fazem, eles “pedem” para que as pessoas se oponham e tenham total aversão a nós.

Uma amiga lembrou muito bem algo dito certa vez: “As suas atitudes falam tão alto que eu não consigo ouvir o que você diz”. Todos sabem qual é o nosso posicionamento como cristãos. Por isso, soltar críticas aos quatro ventos ou sugerir boicotes são absolutamente desnecessários. Aliás, perderam ótimas oportunidades de ficarem quietos e de demonstrar o que Jesus faria: amar. Ele, com toda a sua Santidade, o único que poderia rejeitar as pessoas, não o fez. Como querem que todos conheçam o amor de Deus se vivem “dando tiro no pé”? Se você não concorda, sem problemas! É direito seu. Mas respeite. Quando soube que duas amigas estavam namorando, depois do choque inicial e de processar a notícia que acabara de receber, apenas respondi: “Ok, a escolha é de vocês. Eu não concordo, mas a nossa amizade não vai mudar por causa disso”. E assim convivemos. Ninguém ama “de longe”, sem relacionamento. Então, por favor, menos palavras e mais atitudes de amor e respeito. Obrigada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s