Arquivo da tag: ottorino

Adeus, lactose

Padrão
Adeus, lactose

Acabo de chegar de uma consulta com um otorrino, marido de uma amiga. Queria investigar o porquê de fortes dores que senti na testa algumas semanas atrás. Eu supunha se tratar de uma sinusite. Na época, cheguei a passar num pronto atendimento, mas a médica que me atendeu disse que não era nada e me receitou apenas um analgésico. No entanto, passei os dias seguintes com dores, fazendo inalação com soro fisiológico para aliviar os sintomas. Aquelas secreções definitivamente eram a constatação de que havia algo mais.

Ele nem precisou de um super exame para identificar a minha rinite. Conclusão: causa alérgica, já que o quadro não apareceu depois de uma gripe ou resfriado. Sendo alergia, segundo ele, não há muito o que fazer, a não ser controlar. Tratamento leve, com antialérgico, medicação em spray para o nariz e soro fisiológico (algo que anos atrás ouvi de um outro otorrino. Lembro de não ter ficado feliz em saber que precisaria de remédio a vida inteira para tratar isso).

*             *            *

Ontem foi dia de acompanhar meus pais na consulta da minha mãe com a nutróloga (sim, você leu certo e este parêntese é bem necessário. A nutrologia é uma especialidade médica que tem o foco de estudar a questão dos nutrientes – seja falta ou excesso deles – para o bom funcionamento do organismo. Quando você ouvir sobre Nutrologia Funcional ou Nutrição Funcional, como dizem, tem a ver com isso. Essa é uma explicação bem simples. O ideal é você ler mais aqui e aqui). Várias orientações passadas pela médica são bem vindas para qualquer pessoa que se preocupa com a saúde.

Como tudo acaba virando moda, essa história de “sem glúten”, “sem lactose”, “sem açúcar”, “fit” etc., me causava repulsa e eu não queria nem saber! Até encontrar explicações, justificativas e embasamentos científicos. Até entender, voltando láááá nas aulas de Biologia, o que acontece (ou deixa de acontecer) nas células e as consequências (sintomas) disso.

Lembrei de uma amiga que começou a seguir essa linha e trocamos algumas figurinhas. Bom, no meio da conversa (ou melhor, do áudio do Whats rs) ela falou que cortou a lactose e que nunca mais teve rinite ou sinusite (preciso confirmar quanto tempo faz isso e atualizar aqui depois 😉 ). A nutróloga já havia me alertado há alguns meses e eu não ouvi. Julguei ser impossível ficar sem leite. E, convenhamos, leite sem lactose parece desnatado e não tem a menor graça. Imagine! Eu. Sem leite? Eu, que sempre me intitulei como um bezerro? Num lanche da tarde, por exemplo, pão com manteiga e leite com café ou chocolate eram suficientes.

Mas, ah… sempre o mas! Voltei da consulta decidida a tentar. E este post é justamente para deixar registrado e me lembrar quando foi que optei por mudar.

Enquanto dirigia, fui fazendo a lista do que ficaria para trás: o leite, evidente; a manteiga, a margarina, o requeijão, o iogurte, o queijo (!!!), o chocolate (pelo menos os que gosto de comer), o sorvete (com exceção dos de fruta)… Não. Não será fácil. Também não serei totalmente radical. A mudança será aos poucos. Minha amiga disse para escolher um item para começar: lactose, açúcar, glúten ou qualquer outro. Depois de hoje, não restou dúvidas sobre qual seria.

Também não serei xiita para submeter meu marido e meu filho de 2 anos a isso. Não por enquanto. Eu quero comprovar os benefícios da mudança antes de fazer parte da rotina deles (apesar de que algumas coisas vão acabar indo de tabela). De todo modo, venho me esforçando para incentivar hábitos saudáveis aqui em casa. Afinal, é agora que o Davi vai aprender o que vai levar para o resto da vida. Mudar depois é bem mais complicado.

*          *         *

Como a minha despensa só está sendo notificada agora, o lanche da tarde foi uma vitamina de mamão com Neston e duas fatias de pão integral com margarina.

*          *         *

Não pretendo postar receitinhas e blá blá blás por aqui. Talvez em algum momento eu compartilhe como está sendo a experiência. Nessa internet, já tem bastante gente fazendo isso. Quando muito, replico algum material que achar interessante. =)

Anúncios